25 de fev de 2009

Inventar a si mesmo

como um personagem da existência. Quanto mais real, mais fantástico!

Nenhum comentário: