21 de jan de 2007

N.O.S. - Nova Ordem Sensorial

Sob as palavras de ordem SER IGUAL É LEGAL!, NÓS apresenta alguns ítens para serem implantados em nossa sociedade:

1- Resgate do movimento HIPPIE - N.O.S. se coloca como neo-hippie, abraçando a bandeira de paz & amor e outras, várias, daquele movimento dos anos 60;
2- Criação, desenvolvimento, fomento e estímulo às Comunidades Experimentais;
3- Amor Livre, no sentido proposto pelo anarquista histórico Giovanni Rossi, que implementou a Colonia Cecilia, em um lote de teras, no município de Palmeiras, Pr., praticando a poliandria - G.R. escreveu o livro "Um espisódio de amor livre na Colonia Cecilia";
4- Crianças são filhos de todos na comunidade - com responsabilidade;
5- Visão não progressista do mundo, no sentido de achar que os avanços da tecnologia, a construção de estradas e de edifícios vão "melhorar" a vida do ser humano no planeta. Mas o contrário, justamente, disso, pois não se pode levar em consideração nenhum "avanço", sem pensar profundamente nas consequências ambientais que isso irá gerar;
5- Visão não desenvolvimentista. Quem disse que o ser-humano é superior a uma abelha? Por que algumas pessoas pensam que são mais importantes suas vidas do que a vida de um pernilongo, de uma vaca, ou de um peixe?
6- Crescimento, além do biológico, é apenas retórica política neoliberal, portanto, é preciso ter cuidado no uso das palavras, para não confundir e enganar as pessoas;
7- Incentivo à permacultura;
8- Incentivo às Ecovilas, que geram energia e economia autônoma e sustentável, sem agressões ambientais;
9- Desenvolvimento de uma ideologia de Economia Solidária. Fim da mais-valia. A generosidade como tesouro do milênio;
10- Reciclagens e reaproveitamento não apenas como forma de achar um destino para os detritos e desejos industriais, mas como circularidade de energias (ver meu trabalho de arte "circular a energia circular"). Não ao consumismo;
11- Antropofagia Cultural ao estilo da pregação do Movimewnto Antropofágico, idealizado pelo poeta modernista Oswald de Andrade;
12- Comunalismo;
13- Respeito às diferenças, mas dentro da ideologia de que "ser igual é legal" (a esse respeito ler Norberto Bobbio);
14- Incentido ao desenvolvimento das Sabedorias Ancestrais, como tratamento através de ervas e o resgate de línguas arcaicas;
15- Medicina holística, fitoterápica, preventiva, homeopática e outras alternativas como acumpuntura;
16- Alimentação Natural tendendo ao Vegetarianismo, que é a forma superior de se alimentar;
17- Amor dedicado aos animais e às plantas, também;
18- Horizontalidade nas relações afetivas e decisórias;
19- Partilhamento das tecnologias;
20- Desenvolvimento das tecnologias e energias alternativas limpas, com o uso do sol e do vento. E fim das Usinas Hidreléticas;
21- Redistribuição das riquezas espirituais e materiais;
22- Trabalho como forma de prazer, não mecânico, robotizado, alienado, nem escravo (ver Dia do Nada).

4 comentários:

Anônimo disse...

quanto ao item 5... e aqueles pernilongos todos que vc matou em guaraqueçaba? rs

boca quente disse...

pernilongo, butuca, pórvinha... é o bicho!

Anônimo disse...

quanto ao item 3.. o desfecho da experiência que vc cita como exemplo é meio trágico, não é não?

boca quente disse...

trágico, no sentido nietzschiano da palavra...