15 de set de 2010

zé dirceu

Recebi um email de uma amiga e vi que a fala do zé dirceu deu nos principais jornais do país como um "escândalo' a mais

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/elianecantanhede/799110-o-pt-de-dirceu-que-dilma-esconde.shtml


e aí vai minha opinião:


pra entender o zé dirceu no processo político brasileiro é preciso saber que o 'escândalo' do mensalão se deu porque o roberto jefferson queria 25% sobre a manutenção das estruturas do ensin no estado do RJ e o zé disse que garantiria os 15% com o qual ele já estava acostumado desde antes do lula. Como nenhum dos dois cedeu, o jefferson abriu o bico e o resto da história vc conhece.
tem uma matéria maior sobre o zé no oglobo de hoje e é fato notório que a imprensa está a  serviço do grande capital privado e que a liberdade de imprensa tem que estar vinculada a um compromisso ético, porque senão fica como a revista Veja e a própria globo, chutando a bunda do presidente, acusado por fontes não-fidedignas. Um caso, agora é esse do Sr. Atella, da receita. Mesamo mostrando que o cara não valia nada, ao invés de irem atrás de saber quem tinha feito as falsificações, ficaram ouvindo esse cara dizer que a coisa foi feita para prejudicar o Serra.
e também acho vergonhoso esse papel que a Marina está fazendo, de escadinha dos tucanos, querendo discutir um assunto que interessa a 1% da população, quando, na verdade, esse negócio de a receita ser sigilosa é antirepublicano. quero dizer, é preciso disvutir, debater o Brasil, mas como a direita viu que não vai dar para ela nas eleições, está tratando de criar um clima de golpe para o país, em nome da "moralidade". Quem, Arthur Virgílio, Índio da costa, Demostenes Torres como baluartes da moralidade? Nem brinca! Quem, rede globo, gazeta do povo, veja como símbolos da imprensa livre? Esse é um tipo de imprensa que, quem decide o que sai ou não nas matérias é o dono do latifúndio, é o vendedor de veneno e não a "isenção" tão propalada das visões de mundo. Uma verdadeira liberdade de expressão seria a criação, em canal aberto, de mais e mais emissoras educativas, culturais, para concorrer com essas aberrações de programação a que somos forçados assistir pelas tvs privadas. Mas o congresso não deixa, o senado não quer, a imprensa é contra. por que será?
e, por fim, até agora nada foi provado contra o zé dirceu, e a justiça não está encabrestada por nenhum partido, mas continua sendo a "caixa preta" dos poderes nacionais. Vide os ministros do supremnos, gilmar mendes e até qualquer um desses juizes que vc mesma possa conhecer ai no nosso querido Paraná: quando dão a sentença, dão sempre a favor do latifúndio e da monocultura, dos banqueiros e dos "doutores" que pregam e prezam a "moralidade" no país, tal qual esses movimentos de dfireita tipo "cansei", que já estão preparando o bote para tentarem, mais uma vez, dar o golpe no país, já que nessas eleições eles vão perder feio.
O que a gente pode fazer é se contaminar menos de mídia globalizada e tentar ir com mais calma nessa apelo de "moralidade", porque atrás desse slogan tem quadrilhas montadas para impedir que a distribuição e a justiça social sejam interrompidas no país.
Um beijão

Nenhum comentário: